Givanildo Sales pede pés no chão ao Campinense após goleada em amistoso: "Não está tudo bem"

Por Redação do ge — Campina Grande

 


Se para os torcedores do Campinense o placar de 6 a 3 na vitória sob o Central de Caruaru na tarde dessa sexta-feira traz empolgação, para o técnico Givanildo Sales, ele foi motivo de cautela. Ainda buscando a melhor escalação da Raposa para a estreia na Série D do Brasileiro, o treinador pediu pés no chão e projetou um rodízio maior de jogadores no próximo amistoso, contra o Jacyobá, que está marcado para a próxima terça-feira.

- Não podemos achar que porque goleamos o Central de Caruaru está tudo bem. Temos alguns defeitos ainda, vamos corrigir nos próximos dias, para contra o Jacyobá não cometer esses defeitos - disse o comandante raposeiro.

Givanildo Sales quer conter a empolgação apesar do bom resultado no amistoso contra o Central de Caruaru — Foto: Samy Oliveira / Campinense

Givanildo Sales quer conter a empolgação apesar do bom resultado no amistoso contra o Central de Caruaru — Foto: Samy Oliveira / Campinense

Se por um lado o Campinense marcou seis gols, por outro, também sofreu três. Tentos que deixaram Givanildo incomodado. No amistoso preparatório, contra o Jacyobá, ele deve promover mudanças na dupla de zaga. Em transição física, os zagueiros Alex Maranhão e Uesles devem voltar a ficar à disposição.

- Não podíamos ter feito um gol e levado outro logo em seguida. A gente vai corrigir isso aí. Tem alguns jogadores no DM também e eu espero contar com eles - afirmou o técnico rubro-negro.

Com correções para serem realizadas, sobretudo na defesa, e um desempenho empolgante na frente, Givanildo terá boas opções para montar a linha ofensiva do Campinense para a Série D. A movimentação, aliás, agradou bastante o comandante, que elogiou a disciplina tática dos seus jogadores.

- Foi uma apresentação, em vários momentos do jogo, satisfatória. Principalmente pela movimentação da linha ofensiva, de Rafael Ibiapino e de Fábio Júnior, com a bola e sem a bola também. O encaixe do terceiro zagueiro saindo com a bola por dentro e a gente abrindo os dois alas para ganhar profundidade - analisou Givanildo Sales. globo esporte

Fábio Júnior teve bom desempenho na vitória por 6 a 3 sobre o Central de Caruaru — Foto: Daniel Lins / Campinense
Categoria:PARAÍBA