Nos pênaltis, Itália vence a Inglaterra e é campeã da Eurocopa


Italianos foram campeões em uma partida dramática, resolvida apenas nos pênaltis

Italianos foram campeões em uma partida dramática, resolvida apenas nos pênaltis

REUTERS/FRANK AUGSTEIN - 11.07.2021

A Itália venceu a Eurocopa em um jogo que teve todos os ingredientes esperados de uma partida tão importante, disputado em Wembley, neste domingo (11).

A seleção inglesa, em sua primeira final da competição, abriu o placar nos primeiros minutos, levou o empate na etapa complementar após abdicar de pressionar e o jogo foi para a prorrogação. A disputa se resolveu apenas nos pênaltis — os ingleses perderam três cobranças.

A vitória da Itália se soma ao título de 1968 e torna a seleção bicampeã da Eurocopa. Do lado do ingleses, a derrota aumenta um longo jejum: a seleção do país espera há 58 anos um segundo título — desde o mundial de 1966, disputado em casa.

Jogo intenso

A final esperada começou elétrica. A Itália impôs uma forte pressão sobre a zaga inglesa, que quase falhou logo no primeiro minuto de jogo.

Mas quem abriu o placar foi a Inglaterra: Kane inverte o jogo com um passe longo, Trippier estuda a área italiana e cruza, a bola passa por todo o mundo e sobra para o lateral Luke Shaw, que bate de primeira. Sem chances para Donnarumma.

Após o gol, os ingleses continuaram intensos, tirando espaços da Itália, que sofria para avançar no campo adversário.

Aos 20', as coisas pareciam se complicar para os italianos: Jorginho caiu, sentindo o joelho. Mas após rápido atendimento, o meio-campo retornou.

A Itália assustou, aos 12': Bernardeschi cruza, Pickford faz boa defesa, e a bola sobra para Belloti, que chuta desequilibrado e perde grande chance, com o gol aberto.

Os ingleses conseguiam segurar a intensidade italiana, e apenas o atacante Chiesa tentava jogadas individuais na Itália, sempre sob vaias intensas dos ingleses em Wembley. R7.COM

Categoria:PARAÍBA